Portal > Conteúdos > História > Efemérides > 7 de Outubro

Dia anterior

Dia seguinte

E F E M É R I D E S

7 DE OUTUBRO

Dia Europeu dos Pais e da Escola

A ideia de organizar o Dia Europeu dos Pais e da Escola surgiu da European Parents Association [EPA], Associação Europeia das Associações de Pais, que é a estrutura europeia que congrega organizações, como a portuguesa CONFAP, de 22 países da Europa. Era necessário que existisse um dia em que se pudesse falar, de uma forma geral, da participação dos pais na vida e no processo escolar dos seus filhos. Este ano o Dia dos Pais e da Escola é assinalado a 7 de Outubro.


Dia Nacional dos Castelos

Celebrando-se hoje o Dia Nacional dos Castelos, sugerimos uma visita virtual às edificações abaixo indicadas, por nós fotografadas:

Castelo de Estremoz

Castelo de São Jorge

Castelo de Melgaço

Castelo de Monsaraz

Castelo de Santiago

Castelo de São Filipe

Castelo de Sines

Castelo de Guimarães


1946 - Êxito em Cannes para o filme português Camões

A apresentação do filme português Camões no Festival Internacional do Filme, em Cannes, constituiu um assinalável êxito. Um jornal local refere-se a esta película nacional dizendo: «A realização do filme é extremamente cuidada: os cenários são dignos de elogios com as suas tapeçarias, os seus móveis exactos e os seus magníficos sobrados; os trajos são sumptuosos [...], todos os artistas foram bem escolhidos: as mulheres são de uma grande beleza; há talento para dar e vender. Portugal dá-nos aqui a prova de que pode ser um grande país, cinematograficamente.» José Augusto, enviado especial do Diário Popular a Cannes, comenta: «Camões foi um êxito? Êxito que foi além do que se esperava e ficou aquém do que merecia.»
Fonte: Diário Popular n.º 1445, de 07-10-1946, pp. 1 e 8
Portugal atravessava, na altura, a chamada época de ouro da cinematografia nacional, produzindo filmes como a Canção de Lisboa (1933) ou O Leão da Estrela (1947), que ainda hoje se vêm com o maior agrado.


1948 - O bloqueio da capital alemã

Após o fim da Segunda Grande Guerra Mundial, a Alemanha e a sua capital, a cidade de Berlim, foram divididas em quatro sectores, sendo cada um deles administrado por um dos países vencedores do conflito: os Estados Unidos, a Grã-Bretanha, a França e a União Soviética. A cidade de Berlim ficou no interior do sector atribuído à União Soviética. Quando os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a França decidem unificar os três sectores ocidentais da cidade de Berlim que lhe haviam sido atribuídos, a União Soviética opõe-se a esta unificação, iniciando, a 24 de Junho de 1948, um bloqueio por via terrestre. Como resposta, os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a França decidem estabelecer uma ponte aérea para abastecer de bens de primeira necessidade a parte ocidental da cidade. Volvidos mais de 100 dias sobre o início da ponte aérea, o Diário de Notícias de 7 de Outubro de 1948 dava conta que a ponte aérea, a maior operação do género até então organizada, já transportara para Berlim mais de 250 000 toneladas de víveres, carvão e até matérias-primas, numa cadência de 4 500 toneladas de carga por dia.
Fonte: Diário de Notícias n.º 29685, de 07-10-1947, pp. 1 e 6
A ponte aérea constituiu um êxito: volvido um ano, a União Soviética desiste do bloqueio. Em 1949, a Alemanha passa a estar dividida em dois países: a República Federal Alemã, formada pela junção dos sectores atribuídos aos Estados Unidos, à Grã-Bretanha e à França e a República Democrática Alemã, constituída pelo Sector administrado pela União Soviética.


1952 - Telefone-televisor, uma bela esperança para os nossos netos

A primeira página do Diário Popular de 7 de Outubro de 1952, refere-se ao maior êxito da exposição anual de Rádio, recentemente realizada em Londres: um telefone-televisor, criação dos engenheiros britânicos. Funcionava como qualquer vulgar telefone mas permitia ver, num pequeno rectângulo branco, a imagem do nosso interlocutor. Na época, foi considerado um aparelho muito complicado, volumoso e de elevado custo (50 contos). O jornalista remata esta notícia augurando: "Em todo o caso, é uma bela esperança para os nossos netos".
Fonte: Diário Popular n.º 3597, de 07-10-1952, p. 1
Os 50 contos (250 euros) eram, na verdade, um valor exorbitante. Com essa verba poder-se-ia comprar, por exemplo, uma viatura de boa marca. Foi necessário esperar pela mudança de século para surgirem no mercado português os primeiros telefones fixos com preço acessível, capazes de transmitir simultaneamente voz e imagem. Outros meios, desconhecidos em 1952, como a internet e o telemóvel, permitem hoje, o primeiro a custo quase zero e o segundo a preços cada vez mais baixos, transmitir simultaneamente som e imagens.


2008 - Crise Financeira: Sócrates assegura garantias do Estado

A crise nos mercados financeiros iniciada nos Estados Unidos já levou à intervenção de diversos governos europeus no sentido de evitar a falência de alguns bancos. Face a esta crise, José Sócrates, Primeiro-ministro de Portugal, garantiu hoje que o estado irá assegurar as poupanças dos portugueses e não deixará de apoiar as famílias, em particular as mais carenciadas. Para aumentar a confiança dos depositantes, os 27 países da União Europeia acordaram, entretanto, aumentar para 50 mil euros o valor segurado nos depósitos a prazo, ao mesmo tempo que se afirmam «empenhados» em impedir a falência de qualquer instituição financeira de dimensão «relevante». Em Portugal o limite do Fundo de Garantia de Depósito era, até hoje, de 25 mil euros.

Fonte: Jornal de distribuição gratuita Global Notícias n.º 250, de 08-10-2008, pp. 1 e 6


Dia anterior

Dia seguinte