Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 5 de janeiro de 1945



Nascimento de Júlio Isidro

LER E ESCREVER COMENTÁRIOS

A 5 de janeiro de 1945, nasce, em Lisboa, o locutor de rádio, apresentador de televisão e escritor Júlio José de Pinho Isidro do Carmo.

Na sua juventude frequenta o Liceu Camões. A sua primeira ida à RTP, atual Rádio e Televisão de Portugal, ocorre como participante do coro daquele estabelecimento de ensino lisboeta.

Como morava perto da antiga Feira Popular, espaço atualmente ocupado pela Fundação Gulbenkian, assiste ali às sessões experimentais da televisão em Portugal.

A 16 de janeiro de 1960, com 15 anos de idade, estreia-se, como um dos apresentadores do Programa Juvenil da RTP, onde permanecerá até 1966, participando, igualmente, no Programa Infantil.

Em 1968, alia a sua atividade diurna como delegado de informação médica com a atividade noturna de apresentador de noticiários no Rádio Clube Português.

Durante a sua atividade como militar do Exército Português é instrutor de cursos de fotografia e cinema, tendo realizado documentários sobre as forças armadas. O seu filme Portugal e a a Cartografia valeu-lhe uma Menção Honrosa no Festival de Cinema Militar, em Versalhes.

Quando ocorre a Revolução dos Cravos, encontra-se ao serviço do Rádio Clube Português, onde permanece até 1975.

A partir de outubro de 1976, Júlio Isidro dirige quinzenalmente uma revista de banda desenhada no programa de televisão O Fungagá da Bicharada.

De 1977 a 1978, veste a pele da personagem Tio Julião em Arte & Manhas.

Em colaboração com Carlos Mendes e Joaquim Pessoa, participa, em 1978, no programa Jardim Jaleco.

A 15 de fevereiro de 1980, Júlio Isidro apresenta na RTP, a convite da diretora Maria Elisa Domingos, a primeira edição de O Passeio dos Alegres, dado o enorme êxito que estava a ter com Febre de Sábado de Manhã, programa idêntico apresentado na Rádio. Transmitido aos domingos, das 14:30 às 19:00, esteve no ar até 1982, constituindo um dos momentos mais relevantes da atividade deste apresentador. Conseguia prender ao pequeno ecrã telespetadores de todas as idades. Constituído por música, entrevistas, várias rubricas e passatempos, a maioria dos telespetadores de então ainda recorda hoje com saudade o divertido passatempo Quantos cabem num Mini?, o papagaio Baixinho e o chimpanzé Choné, assim como a presença de inúmeros humoristas e atores que consolidaram a sua carreira neste programa: Herman José (Tony Silva, Nelito e Cipriana Pureza), Anabola (Anucha Mil Homens), Margarida Carpinteiro (Dores Paciência), Carlos Alberto Vidal (Avô Cantigas). António Variações e muitos outros. Júlio Isidro voltaria a apresentar este programa na RTP1, aos sábados, com início a 9 de março de 2002.

A 17 de janeiro de 2006, é agraciado com o grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

Em 2017, 2018 e 2019 é nomeado presidente do júri do Festival RTP da Canção.

Para além de Inesquecível e Traz P'ra Frente, ambos da RTP Memória, vem fazendo, entre outras intervenções na Rádio e na TV, pequenas rúbricas para programas como a Praça da Alegria e Portugal no Coração.

Publicou diversos livros para crianças, Conto Final Parágrafo sobre o “seu tempo” e O Programa Segue Dentro de Momentos (Autobiografia).

Programas na RTP

• Programa Juvenil e Programa Infantil, 1960-1966
• O Fungagá da Bicharada, 1974-1976
• Arte e Manhas, 1977-1978
• O Passeio dos Alegres, 1980-1982
• Festa É Festa, 1982-1983
• A Festa Continua, 1983-1984
• Arroz Doce, 1985-1985
• Clube Amigos Disney, 1986-1989
• Oito e Oitenta, 1990
• Regresso ao Passado, 1990-1991
• E.T. - Entretenimento Total, 1991-1992
• Antenas no Ar, 1997
• Jardim das Estrelas, 1997-2000
• Amigo Público, 1998-1999
• A Outra Face da Lua, 2000
• Agora é que são Elas, 2000
• Entrada Livre, 2001
• Estúdio 5, 2002
• O Passeio dos Alegres - 20 Anos, 2002
• Tributo a..., 2003
• Portugal no Coração, 2006-2007
• Quarto Crescente, 2008-2009
• Inesquecível, 2010-
• Verão Total, 2014
• Agora Nós, 2015, 2 emissões como apresentador substituto
• Traz P'ra Frente, 2015-
• Festival RTP da Canção 2017, como presidente do júri
• Festival RTP da Canção 2018, como presidente do júri
• Festival RTP da Canção 2019, como presidente do júri
• Retratos de Abril, 2019, ao lado de Sílvia Alberto

Programas na TVI

• Sons do Sol, 1993-1994
• Marchas Populares de Lisboa, 1994
• Clips & Spots, 1994
• Domingo Gordo, 1994
• Mil e Uma Tardes, 1994
• Luzes da Ribalta, 1994-1995
• Dar que Falar, 1995
• Olhó Popular, 1996




TOPO