Motor de Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 25 de janeiro de 1942



Nascimento de Eusébio

Eusébio da Silva Ferreira, mais conhecido apenas por Eusébio, nasceu a 25 de janeiro de 1942 em Mafalala, um bairro na periferia de Lourenço Marques (atual Maputo), de onde são originárias outras importantes figuras de Moçambique como os seus dois primeiros presidentes (Samora Machel e Joaquim Chissano), dois dos seus maiores poetas (Noémia de Sousa e José Craveirinha, este último galardoado com o Prémio Camões) e o compositor Fany Mpfumo.

Eusébo perdeu o pai, o ferroviário Laurindo António da Silva Ferreira, aos 8 anos de idade, tendo sido acabado de criar por sua mãe, Anissabeni Elisa, que via, com desespero, o seu filho fugir da escola para jogar futebol com os outros rapazes do bairro, usando uma bola de trapos.

Iniciou a sua carreira de futebolista em diversos clubes de Lourenço Marques.

Aos 17 anos, ingressou, em Lisboa, no Benfica, tendo ajudado este clube a ganhar importantes desafios a nível nacional e internacional.

Na Seleção Nacional, contribuiu decididamente para que Portugal alcançasse o terceiro lugar no Campeonato do Mundo de 1966.

Alcunhado de O Pantera Negra, A Pérola Negra, e King, Eusébio marcou 807 golos em 813 partidas oficiais na sua carreira, ficando conhecido internacionalmente pela sua velocidade e técnica.

Considerado o melhor futebolista de sempre do Benfica e de Portugal, é visto igualmente como um herói em Moçambique: Samora Machel recebeu-o no seu palácio e ofereceu ao «grande futebolista» uma casa no Bilene, prestigiada zona balnear perto de Maputo, para que este e sua família pudessem ali passar férias.

Os restos mortais de Eusébio, falecido a 5 de janeiro de 2014, repousam no Panteão Nacional, glória que apenas contempla 12 personalidades portuguesas.