Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 10 de fevereiro de 1985



Mandela recusa liberdade sem ANC ser legalizado

Pressionado pela comunidade internacional, o governo sul-africano propõe a libertação condicionada de Nelson Mandela, dirigente do ANC 1, que se encontra na cadeia há 21 anos.

A 10 de fevereiro de 1985, em mensagem lida na cidade do Soweto pela sua filha, Nelson Mandela rejeita formalmente a sua libertação condicionada sem o ANC ser legalizado, alegando que «embora preze muito a sua liberdade, preza ainda mais a liberdade do povo sul-africano».

Fonte: Diário de Lisboa n.º 21682, de 11-02-1985, 84,º ano de publicação, pp. 1 e 10

1 O African National Congress (ANC), em português Congresso Nacional Africano (CNA) é o partido político que tem vindo a ser eleito para governar a África do Sul desde as primeiras eleições multirraciais realizadas em 1994.

Há muitos anos que o ANC vinha a lutar contra o Apartheid naquele país, regime segundo o qual os brancos detinham o poder, obrigando os restantes povos a viver separados, sem verdadeiros direitos de cidadania.

Com a abolição do Apartheid em 1990, levada a cabo pelo presidente Frederik de Klerk, abrir-se-ia o caminho para as eleições de 1994, abrangendo toda a população daquele país.