Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 11 de fevereiro de 1938



Nascimento de Simone de Oliveira

A 11 de fevereiro de 1938, nasce, em Lisboa, a cantora e atriz de teatro e de televisão, Simone de Oliveira.

Momentos marcantes do início da sua carreira artística

1958

Atua em público, pela primira vez, no Festival da Canção Portuguesa, certame que venceria nos dois anos seguintes.

1959

Partilha o seu primeiro disco com outros três artistas, interpretando o tema Sempre que Lisboa Canta.

É editado um disco apenas com canções por si interpretadas: Amor à Portuguesa, Tu, Nos Teus Olhos Vejo o Céu e Tu e Só Tu.

1962

Estreia-se no teatro de revista.

Vence o Festival da Canção da Figueira da Foz.

1964

Grava um novo disco com os temas Canção Cigana, Sempre Tu Amor, Quero e Não Quero e Alguém Que Teve Coração.

Participa no Festival RTP da Canção com as canções Olhos Nos Olhos e Amar é Ressurgir, obtendo, respetivamente, o terceiro e o oitavo lugar.

Grava, com António Calvário, um disco com versões do filme My Fair Lady.

1965

Recebe o Prémio de Imprensa de 1964 para melhor cançonetista.

Vence o Festival RTP da Canção com o tema Sol de Inverno, ficando o outro tema por si interpretado, Silhuetas Ao Luar, na quarta posição.

Representa Portugal no Festival da Eurovisão.

É eleita Rainha da Rádio.

É editado um disco denominado IV Festival da Canção Portuguesa onde apresenta os temas Nem Eu Nem Vocês, Se Tu Queres Saber Quem Sou, Quando Será e Canção do Outono.

É editado outro disco chamado Praia de Outono onde é acompanhada por Thilo's Combo e pela Orquestra de Jorge Costa Pinto.

Lança, igualmente, discos com versões da banda sonora do filme Música no Coração.

1966

Participa, com o tema "Começar de Novo", no primeiro Festival Internacional da Canção do Rio de Janeiro.

Grava uma versão de A Banda, de Chico Buarque.

Participa, no Teatro Monumental, do elenco do musical Esta Lisboa Que Eu Amo.

Lança um disco onde interpreta uma versão de Puppet On A String de Sandie Shaw e Esta Lisboa Que Eu Amo.

Lança, igualmente, o álbum A Voz e os Êxitos que, entre outros temas, inclui uma versão de Yesterday dos Beatles.

Amália Rodrigues convida-a a participar num dos seus espetáculos no Olympia de Paris.

1968

Concorre ao Grande Prémio TV da Canção, apresentando os temas Canção Ao Meu Piano Velho e Dentro de Outro Mundo.

Neste ano são editados 3 discos de Simone:

O primeiro com os temas Viva O Amor, Nos Meus Braços Outra Vez, Quando Me Enamoro e Para Cada Um Sua Canção.

O segundo com Cantiga de Amor, Amanhã Serás o Sol e Não Te Peço Palavras.

E o terceiro, com os temas Aqueles Dias Felizes, Pingos de Chuva e Fúria de Viver.

1969

Vence o Festival RTP da Canção, com Desfolhada, o maior êxito da sua carreira.