Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 3 de março de 1971



Morte do ator português António Silva

Na madrugada do dia 3 de março de 1971, morre, em Lisboa, após prolongado sofrimento, o ator português António Maria da Silva.

Fonte: Diário Popular nº 10189, de 03-03-1971, 29º ano de publicação, p. 13

António Silva havia nascido em Lisboa, a 15 de agosto de 1886.

Filho de famílias humildes, começa a trabalhar cedo, como marçano e, posteriormente, como empregado de retrosaria, caixeiro de drogaria e bombeiro.

Conclui o Curso Geral do Comércio e atinge o posto de comandante da corporação de bombeiros a que pertencia.

Após ter adquirido formação teatral em grupos amadores de Lisboa, estreia-se profissionalmente em 1910, no Teatro da Rua dos Condes, com a peça de Tolstoi O Novo Cristo.

De 1913 a 1921, percorre o Brasil, integrado na companhia teatral de António de Sousa.

Casa com a atriz Josefina Silva em 1920 e regressa a Portugal, entrando, durante vários anos, em peças de teatro ligeiro e de revista na Companhia de Teatro Santanella-Amarante. Faz, ainda, parte das companhias de Lopo Lauer, António de Macedo, Comediantes de Lisboa e Vasco Morgado.

Em 1933, entra no elenco do filme A Canção de Lisboa, iniciando uma longa e prestigiada carreira como ator na época áurea do cinema português.

Como muitos outros atores da sua geração, faz, também, teatro radiofónico.

A 4 de novembro de 1966, é distinguido, pelo Presidente da República, com o grau de Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.

Filmografia

• A Canção de Lisboa (1933)
• Gado Bravo (1934)
• As Pupilas do Senhor Reitor (1935)
• Bocage (1936)
• Maria Papoila (1937)
• A Varanda dos Rouxinóis (1939)
• João Ratão (1940)
• Feitiço do Império (1940)
• Lobos da Serra (1942)
• Pátio das Cantigas (1942)
• O Costa do Castelo (1943)
• Amor de Perdição (1943)
• A Menina da Rádio (1944)
• A Vizinha do Lado (1945)
• Camões (1946)
• Os Vizinhos do Rés-do-Chão (1947)
• Três Espelhos (1947)
• O Leão da Estrela (1947)
• Fado (1948)
• Heróis do Mar (1949)
• O Grande Elias (1950)
• Sonhar é Fácil (1951)
• Os Três da Vida Airada (1952)
• O Comissário de Polícia (1953)
• O Dinheiro dos Pobres (1956)
• O Noivo das Caldas (1956)
• Perdeu-se um Marido (1957)
• Dois Dias no Paraíso (1957)
• O Passarinho da Ribeira (1959)
• As Pupilas do Senhor Reitor (1961)
• Aqui há Fantasmas (1964)
• Cruzeiro de Férias (1965)
• Sarilhos de Fraldas (1967)