Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 12 de março de 1514



Entrada solene em Roma da embaixada enviada por D. Manuel I ao Papa Leão X

LER E ESCREVER COMENTÁRIOS

A 12 de março de 1514, os habitantes de Roma acorrem à rua para ver passar um desfile monumental constituído por mais de 100 pessoas, incluindo inúmeros cavaleiros elegantemente vestidos. No meio desta comitiva seguia um imponente elefante branco trazendo no seu dorso uma vistosa arca.

Tratava-se da embaixada enviada ao papa Leão X pelo rei D. Manuel I de Portugal. Era comandada por Tristão da Cunha, primeiro governador da Índia, tendo como seus assessores Diogo de Pacheco e João de Faria, e, como secretário, Garcia de Resende.

Durante séculos, nenhum governante europeu podia reinar sem o reconhecimento papal.

Esta embaixada, recebida pelo Papa oito dias mais tarde, fez furor na Santa Sé. O elefante, para além de outras habilidades, ajoelhou-se aos pés do sumo pontífice para que este tivesse acesso à arca que trazia no seu dorso, carregada de joias. Um vistoso cavalo persa, foi, igualmente, oferecido ao Papa. Durante vários anos, este elefante branco permaneceu junto do Leão X como sua mascote.

Com esta comitiva, D. Manuel I conseguiu convencer o Papa sobre o papel que Portugal teria na dilatação da Fé Cristã em novos continentes, reconhecendo, simultaneamente, a sua soberania sobre os territórios que viesse a descobrir ou a conquistar.






TOPO