Início Efemérides

EFEMÉRIDES

Aconteceu a 19 de julho de 1886



Morte de Cesário Verde

A 19 de julho de 1886, morre, em Lisboa, o poeta português José Joaquim Cesário Verde.

Havia nascido em Lisboa, a 25 de fevereiro de 1855.

Filho de um lavrador e comerciante, Cesário Verde matricula-se no Curso Superior de Letras mas apenas o frequenta alguns meses, acabando por ficar a tomar conta dos negócios comerciais herdados de seu pai.

Simultaneamente à sua atividade comercial, publica poesias em diversos periódicos, destacando-se os semanários Branco e Negro e O Azeitonense e as revistas O Occidente e Renascença.

Em 1877, começa a ter sintomas de tuberculose, doença que já havia tirado a vida ao seu irmão e à sua irmã. Estas mortes inspiram um de seus principais poemas, Nós, publicado em 1884.

A tuberculose, uma doença que, na altura, tinha poucas hipóteses de cura, ceifa prematuramentem a vida de Cesário Verde.

No ano seguinte à sua morte, Silva Pinto, seu amigo dos tempos da universidade e um dos principais doutrinadores do realismo-naturalismo, organiza O Livro de Cesário Verde, com a compilação das suas poesias, o qual viria a ser publicado em 1901.

Nos seus poemas, Cesário afasta-se do lirismo tradicional, empregando técnicas impressionistas onde sobressai a dicotomia entre o rebuliço da cidade e a calma que se pode fruir no campo.

Em 1933, a Câmara Municipal de Lisboa homenageia o poeta dando o seu nome a uma rua na Penha de França.




TOPO