Início Efemérides

EFEMÉRIDES

Aconteceu a 21 de agosto de 1986



Morte de Alexandre O'Neill

A 21 de agosto de 1986, morre, em Lisboa, com apenas 61 anos, o poeta português Alexandre O'Neill.

Havia nascido, em Lisboa, a 19 de dezembro de 1924.

Descendente de irlandeses, foi um dos fundadores do movimento surrealista português.

O'Neill, Poeta

GATO é um dos seus poemas mais conhecidos:

Que fazes por aqui, ó gato?
Que ambiguidade vens explorar?
Senhor de ti, avanças, cauto,
meio agastado e sempre a disfarçar
o que afinal não tens e eu te empresto,
ó gato, pesadelo lento e lesto,
fofo no pelo, frio no olhar!
De que obscura força és a morada?
Qual o crime de que foste testemunha?
Que deus te deu a repentina unha
que rubrica esta mão, aquela cara?
Gato, cúmplice de um medo
ainda sem palavras, sem enredos,
quem somos nós, teus donos ou teus servos?

O'Neill, Publicitário

Como, infelizmente, poucos poetas conseguem sobreviver apenas através da escrita, Alexandre O'Neill colocou a sua expressividade poética ao serviço da publicidade.

É da sua autoria o conhecido tema publicitário «Há mar e mar, há ir e voltar».

Fotografia de Alexandre O´Neil.

Leia também

LITERATURA

Estamos a reunir, num único local, os artigos sobre Literatura que têm vindo a ser publicados, com regularidade, no âmbito das Efemérides.




TOPO