Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 22 de setembro de 1767



José Maurício Nunes Garcia, organista e compositor brasileiro

A 22 de setembro de 1767, nasce, no Rio de Janeiro, o organista e compositor brasileiro José Maurício Nunes Garcia.

Foi um dos mais importantes músicos brasileiros, sendo sua obra, preponderantemente de caráter religioso, de grande valor.

Descendente de escravos, teve a oportunidade, ao seguir a carreira eclesiástica, de adquirir uma esmerada educação nas áreas da música, das letras e das humanidades. Mercê das suas excelentes qualidades artísticas e intelectuais, conseguiu ascender a elevados cargos, apesar dos preconceitos que as suas origens lhe traziam.

Quando a família real chega ao Brasil, ocupava o cargo de mestre de Capela da Catedral do Rio de Janeiro.

D. João VI fica muito impressionado com os seus dotes de maestro e compositor, nomeando-o diretor de música da Capela Real e fazendo-o cavaleiro da Ordem de Cristo.

Com a vinda para a corte, em 1811, do operista português Marcos Portugal, este começa a fazer-lhe uma guerra constante, conseguindo ocupar o espaço privilegiado que este detinha.

Sem apoios, entra em decadência, mas, mesmo assim, consegue compor ainda obras importantíssimas como o Requiem e o Ofício de Finados (1816) e as missas de Nossa Senhora do Carmo (1818) e de Santa Cecília (1826) .

Faleceu, praticamente na miséria, a 18 de abril de 1830.

Hoje, é considerado um dos nomes mais representativos da música brasileira de todos os tempos, tendo deixado mais de 240 composições entre missas, vésperas, matinas, motetos, antífonas e modinhas, para além de peças orquestrais e dramáticas. Infelizmente, uma parte da sua obra não chegou aos nossos dias.




TOPO