Magazine Efemérides

MAGAZINE

Efemérides do dia 15 de novembro



Morte D. Maria II, Rainha de Portugal
Nasceu a 4 de abril de 1819

A 15 de novembro de 1853, morre, em Lisboa, a Rainha D. Maria II.

Teve uma infância despreocupada e feliz, mas cedo se preparou para ser rainha, ainda sem saber que o seu reinado seria um dos mais terríveis períodos da nossa História.

Ler o artigo completo clicando na imagem a seguir inserida:

Constituição do governo de Ginestal Machado

A 15 de Novembro de 1923, numa reunião do Diretório de A Lucta, o novo governo de Ginestal Machado ficou definitivamente constituído.

Fonte: O Primeiro de Janeiro n.º 269, de 16-11-1923, 55.º ano de publicação, p. 1

Entre os diversos titulares de pastas governamentais constavam, como ministro da Guerra, o General Carmona, futuro Presidente da República no período de 16-11-1926 a 18-04-1951 e, como ministro dos Negócios Estrangeiros, Júlio Dantas, autor, entre outros textos, de A Ceia dos Cardeais e a quem Almada Negreiros, por o considerar retrógrado, dedicou o Manifesto Anti Dantas.

O que mais interessa às senhoras

Às quintas-feiras, o jornal portuense O Primeiro de Janeiro publicava, na secção «O que mais interessa às senhoras», artigos sobre moda.

Na edição de 15 de novembro de 1923, referenciava que as cloches e os godets dos vestidos que agora surgem como novidades, usaram-se nos fins do século XIX: «Nada na toilette feminina pode considerar-se criação moderna, pois que a moda se inspira, sempre, nas coisas do passado, modificando-as e adaptando-as à época».

Sobre o uso de cabelos curtos, o articulista afirma que tal se deve ao facto de «os médicos, chamados à baila, declararem que todas as senhoras ou meninas que cortem o cabelo, o terão, dentro de breves anos, mais rijo e duro».

Fonte: O Primeiro de Janeiro n.º 268, de 15-11-1923, 55.º ano de publicação, p. 4