Início Busca Magazine Efemérides

MAGAZINE
efemérides

Aconteceu a 5 de dexembro de 1943



Um lobo faminto atravessa tranquilamente a praça principal de Vieira do Minho

LER E ESCREVER COMENTÁRIOS

Vieira do Minho, 5-12-1943 - Escorraçado desde longínquas paragens e atormentado pela fome e pelo frio, têm aparecido ultimamente por estas redondezas alguns lobos famintos, que descem desde os nevados cumes da serra da Cabreira aos povoados circunvizinhos em busca de apetecida presa. Uma daquelas feras – ainda nova, mas corpulenta e de afiada dentuça – abandonou o seu covil do monte de Sanguinhedo e, alcançando a estrada que de Rossas conduz a esta vila, apareceu, pelas 16 horas, em plena Praça da República – que atravessou, tranquila e confiadamente, em direção do fronteiro edifício do hospital concelhio. […] A população ocorreu em sua perseguição mas este, metendo pelo tortuoso caminho da Eira Vedra, alcançou o monte da Senhora da Fé – para ali desaparecer, tão misteriosa e tranquilamente como surgira!

In O Primeiro de Janeiro n.º 334, de 6-12-1943, 75.º ano de publicação, p. 1

Originalmente distribuído praticamente por toda a Península Ibérica, atualmente o lobo ibérico (Canis lupus signatus Cabrera, 1907) está limitado à região Nordeste. Em Portugal a espécie é considerada em perigo de extinção (Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal, 1990), estando totalmente protegida por lei desde 1988. No nosso País, a população lupina tem vindo a decrescer rapidamente, principalmente desde a década de 60, quando ainda se podiam observar lobos no Alentejo. Presentemente, esta espécie existe apenas nas regiões mais montanhosas e menos povoadas do Norte e Centro do País, correspondendo a cerca de 20% da sua primitiva área de distribuição.

In Naturlink, a ligação à natureza




TOPO